terça-feira, 22 de março de 2011

UM e dois. OLEIRO e barro.

Água e vinho.
Pães e peixes.
Barro e vaso.
Flecha e aljava.
Milagre e milagre.
Transformação e mutação cíclica.
Coração e amor incondicional sempre.
Jesus meu oleiro, meu mestre e meu amor.

(Tatiane Antônia)


Nenhum comentário:

Postar um comentário